Esporte

Cinco são presos suspeitos de fraudar programa de sócios do Bahia

Cinco pessoas foram presas pelo Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), na manhã desta quinta-feira (9), acusadas de fraudar o Programa Sócio Torcedor, do Esporte Clube Bahia. De acordo com informações da Polícia Civil, os suspeitos são integrantes da torcida organizada Bamor e faziam parte da mesma quadrilha que atuava com o intuito de lesar o clube.

O Draco investigava a quadrilha havia seis meses. Gabriel Pereira Silva, Ricardo Henrique Almeida da Silva, Pablo Rodrigo Barral dos Santos, Gilson Silva de Almeida Júnior e Jaílson Conceição dos Santos Júnior foram levados para a sede do departamento, na Pituba, e autuados por estelionato e organização criminosa.

Outros dois mandados de prisão ainda não foram cumpridos. Giovani Lima Silva mora na Paraíba e é integrante da torcida organizada Jovem Galo. Rodrigo Carvalho Teixeira reside na Bahia, mas não foi encontrado nas buscas feitas pelos policiais civis.

Através da assessoria de comunicação, o Esporte Clube Bahia informou que não vai se pronunciar sobre o caso. O CORREIO tentou entrar em contato com representantes da Bamor, para confirmar se os suspeitos presos fazem parte da torcida organizada, mas ninguém foi localizado.

Fonte: Correio

Notícias Popular

para o início